01
dez

Mudanças no ambiente de ensino podem diminuir a frequência de comportamentos inadequados

Mudanças ambientais podem ser uma solução rápida e simples para alguns comportamentos inadequados. Aqui estão algumas perguntas para responder se a modificação no ambiente pode ser importante:

1)      Alterar um móvel de lugar ajudará a  mudar o comportamento? Por exemplo, colocar a mesa do aprendiz no canto da sala pode diminuir a frequência de fugir da aula; colocar uma cadeira mais baixa e evitar que o aprendiz chute ou colocar um banco próximo à pia para o aprendiz conseguir se olhar no espelho enquanto escova os dentes. Considere também a organização dos materiais que serão usados e brinquedos para garantir a melhor fluidez da sessão. Também é importante  diminuir as distrações durante a sessão.

2)      Acrescentar algo ao meio ambiente pode modificar o comportamento? Por exemplo, o aprendiz pode se beneficiar com um quadro de rotina visual; regras visuais dos comportamentos esperados ou um despertador para controlar o tempo que permanece nas atividades (tanto de preferência, quanto de ensino).

3)      Retirar alguns materiais pode impactar no comportamento? Por exemplo, a remoção de elementos visuais, tais como cartazes e trabalhos dos alunos pode aumentar a capacidade do aprendiz a seguir as instruções solicitadas ou retirar os materiais que não estão sendo usados pode diminuir a probabilidade do aprendiz danificá-los ou engajar em comportamentos repetitivos.

 

Sempre que forem feitas alterações no ambiente, deve-se considerar se essas mudanças devem ser gradualmente retiradas. Por exemplo, se for feito um X no chão onde o aprendiz deve sentar, aos poucos, essa marca deve ser retirada para que o aprendiz fique sob controle do ambiente e consiga sentar no local adequado independentemente. Faça o registro continuo do comportamento para garantir que as mudanças feitas estão ou não tendo um impacto na aprendizagem do indivíduo.

Priscilla Braide
Analista do Comportamento – Stimulus ABA