12
maio

O que fazer na quarentena

Como evitar perdas das habilidades aprendidas

Dadas as circunstâncias atuais, as famílias podem estar enfrentando o inesperado desafio de educar e envolver seu filho com autismo ou outras necessidades especiais em casa. Pensando nisso, a Stimulus preparou algumas dicas para ajudar os pais a trabalharem diariamente em casa com seus filhos. Esperamos poder ajudar a aliviar algumas das dificuldades que essas famílias estão enfrentando a curto prazo.

Faça uma atividade culinária

Cozinhar é uma maneira maravilhosa de trabalhar em habilidades essenciais para muitas crianças com autismo, como leitura, seguir instruções, sequenciamento e matemática. Além disso, trabalha-se o conceito de nutrição, compartilhar e uso de utensílios de cozinha. Todos essas habilidades são úteis para as crianças aprenderem em qualquer idade.

Brinque ao ar livre

Muitos pesquisadores citam a brincadeira ao ar livre como uma maneira de reduzir os níveis de estresse, resiliência emocional, aumento do funcionamento cognitivo, melhorar a atenção, entre outros benefícios sensoriais-motores, emocionais e sociais. Brincar ao ar livre também proporciona o desenvolvimento de muitos repertórios, como troca de turnos, brincadeiras sensoriais, equilíbrio, coordenação motora e contato com a natureza, ao mesmo tempo em que incentiva a linguagem e as habilidades de cooperação. Portanto, se você tem um quintal disponível, lembre-se de incorporar um horário específico na rotina para que seu filho brinque no quintal.

Forneça estrutura e atividades

As crianças estão constantemente aprendendo e crescendo e gostam de se envolver em atividades que as mantenham engajadas. Proporcionar às crianças atividades divertidas pode ajudar a acalmá-las. Também reduz o tédio e comportamentos inadequados porque trabalhamos com a previsibilidade. Lembre-se de manter seus filhos ocupados. Envolva-os nas tarefas domésticas! Quanto mais direcionarmos as crianças para se engajarem em atividades funcionais, menor a probabilidade de elas emitirem comportamentos disruptivos.

Encontre tempo para relaxar

Todos que cuidam amorosamente, precisam de tempo para relaxar e nutrir sua alma. Nossa saúde mental é tão importante quanto a de nosso filho. Ter um filho com autismo às vezes pode ser estressante e sobrecarregar a vida familiar, sem nenhuma intenção da criança. Encontre as coisas que você ama, que fundamentam e nutrem você, e reserve um tempo para fazer essas atividades. Ser capaz de apoiar seu filho através da ansiedade também significa ser capaz de dar a si mesmo.